Ramos de Cultura

Arquivo para a tag “Mark Wallinger”

Por que a Beleza Importa – tudo é arte e nada é arte? (Parte 2)

(Cont) Filósofo Roger Scrutton

Houve um tempo em que a arte cultuava a beleza. Agora temos um culto à feiura, no lugar. Sendo o mundo perturbador, a arte deveria ser perturbadora também. Aqueles que procuram beleza na arte apenas estão por fora da realidade moderna de beleza. Às vezes a intenção é nos chocar, mas o que é chocante de início, se torna chato e vazio, quando repetido. Isto transforma a arte em uma piada elaborada que perdeu a graça, se os críticos continuarem a encorajar isto, com medo de dizerem que “o imperador está nu”.

Damien Hirst - a thousand years (um exemplo de Arte Pertubadora)

Damien Hirst – a thousand years (um exemplo de Arte Perturbadora)

A arte criativa não é feita do nada, somente se tendo uma idéia. Sim, idéias podem ser interessantes e prazerosas, mas isto não justifica a apropriação do papel da arte. Se uma obra de arte, não é nada mais do que uma idéia, qualquer um poderia ser um artista e qualquer objeto uma obra de arte… Não existe mais nenhuma necessidade de habilidade, gosto ou criatividade. Leia mais…

Anúncios

Navegação de Posts

%d blogueiros gostam disto: