Ramos de Cultura

Arquivo para a tag “Documentário”

Por que a Beleza Importa – tudo é arte e nada é arte? (Parte 6)

(Cont) Roger Scrutton

Se olharmos para a historia da beleza ideal, veremos que filósofos e artistas tiveram boas razões para conectar o belo e o sagrado. E de ver nossa necessidade de beleza como algo profundo em nossa natureza. Parte de nossa necessidade de consolação, em um mundo de perigos, tristeza e sofrimento.

Êxtase de Santa Theresa - Gian Lorenzo Bernini

Êxtase de Santa Theresa – Gian Lorenzo Bernini

Leia mais…

Anúncios

Por que a Beleza Importa – tudo é arte e nada é arte? (Parte 5)

(Cont) Roger Scrutton

A idéia de que o mundo é intrinsecamente significativo, coberto de um encantamento que não necessita de doutrina religiosa para percebê-lo, uma vez que é uma profunda necessidade emocional. A beleza não foi colocada no mundo por Deus, mas descoberta nele pelas pessoas. O ideal de Shrewsbury encorajava o culto à beleza, que elevava a apreciação da arte e da beleza ao papel que fora ocupado pelo culto à Deus. A beleza deveria preencher o vazio com o “formato de Deus”, criado pela ciência. Artistas não eram mais ilustradores das historias sagradas, a serviço da Igreja; eles estavam descobrindo as historias por si mesmos, ao interpretar os segredos da natureza. Campos, que costumavam ser meros panos de fundo para imagens sagradas, se tornaram o foco, com humanos apenas de figuração.

Raphael - The small Cowper Madonna

Raphael – The small Cowper Madonna

Leia mais…

Por que a Beleza Importa – tudo é arte e nada é arte? (Parte 4)

(Cont) Roger Scrutton

Estes são momentos atemporais, em que sentimos a presença de outro e mais elevado mundo. Desde o começo da civilização ocidental, poetas e filósofos viram a experiência da beleza como uma aproximação com o divino. Platão, escrevendo em Atenas no séc IV a.C, argumentou que a beleza é o sinal de uma outra ordem, superior.

“Contemplando a beleza com os olhos da mente, ele escreveu, você será capaz de nutrir a verdadeira virtude e se tornar amigo de Deus.”

Platão

Platão

Leia mais…

Por que a Beleza Importa – tudo é arte e nada é arte? (Parte 1)

Olá galera, trago aqui a transcrição de um documentário sensacional a respeito da Beleza 😉 inclusive sanou muitas dúvidas minhas a respeito do que é arte. Nascemos em um período tão louco que desde o berço aprendemos o ERRADO como se fosse CERTO. Lembro que no documentário do Banksy ele levantava essa questão o que é arte? Quem pode criar?  E o filósofo deste documentário responde tintin por tintin e pronto! As escamas caem dos nossos olhos 😀

Detalhe: Venus de Botticelli

Detalhe: Venus de Botticelli

Este documentário foi dirigido pelo filósofo inglês Roger Scruton – um dos mais importantes intelectuais conservadores da Europa – e veiculado pela BBC em 28/11/2009. Nele, de uma forma brilhante, instigante e muito elucidativa, o Professor Roger Scruton demonstra como a partir do século XX, perdendo o senso ético e estético de(a) Beleza, a humanidade afundou-se ainda mais no que ele chama, com inteira razão, de deserto espiritual. Tal deserto, indubitavelmente, é um dos frutos do ideal, soberbo e falacioso, da modernidade iluminista que assentiu que “o homem é a medida de todas as coisas“. Hoje, já na pós-modernidade da humanidade, já não há mais senso ético e estético de Verdade, de Bondade ou, como bem explica Dr. Scruton, de Beleza. As consequências disso? Muitas! Todas girando em torno do que no cristianismo se chama de “feiúra da alma” ou, nas palavras do filósofo inglês “a cult of ugliness”. Leia mais…

Navegação de Posts

%d blogueiros gostam disto: