Ramos de Cultura

Arquivo para a categoria “Cultura”

26 Coisas que aprendi sobre o Brasil na JMJ por um Mexicano

Holá chicos, como tinha falado no post anterior aos poucos vão saindo os fragmentos da JMJ e fora que é impossível concatenar a Jornada em um único post. Então continuando a jornada de histórias, relatos, amizades, superação, Fé… Trago a análise do amigo mexicano Josué (hooooombre que come chile/pimenta sem fazer cara feia) jajajaja e que participou da semana missionária da JMJ em minha paróquia. (tem em português y español)

México en la semana missionera

México en la semana missionera

26 coisas que aprendi com esta Jornada Mundial da Juventude no Brasil em geral:

1. Os camelôs estão em todas as partes, basta mudar a palavra “nailos, nailos” por “capa de chuva, capa de chuva”, e surgem de debaixo das pedras quando chove.
2. Eu prefiro viajar sem agência de viagens, é mais caro e não ajuda.
3. Nem todos brasileiros dançam samba, jogam futebol ou fazem capoeira, e nem mesmo os três.
4. Descobri pela JMJ e em mais de uma ocasião, que os argentinos de Buenos Aires são as pessoas realmente pedantes, mas não o resto do país.
Leia mais…

Horizonte Distante… distante…

A linha tênue foi rompida, o salto da pedra foi longe demais, o passo foi maior que a perna e o horizonte a cada dia mais distante a ponto de não conseguir ver o que está atrás e nada mais, nada menos são 2 mil anos né ¯\_(ツ)_/¯

Do Alto da Pedra, eu busco impulso para saltar... no horizonte distante

Do Alto da Pedra, eu busco impulso para saltar… no horizonte distante

Leia mais…

A Revolução (Pacífica) dos Bichos!

Bem, depois dos fatos ocorridos: manifestações, passeatas, o povo nas ruas… e vai por aí acabei lembrando da Revolução do Bichos.  Ambos “animais” lutando por uma vida melhor, ambos “animais” não enxergam além. Todo mundo quer e deve ter uma vida melhor? SIM, mas é claro! A questão é que todo mundo sabe gritar, ir as ruas, chorar, espernear, quebrar, vandalizar, ri…. mas pensar nem todos conseguem. Então caro amigo, leia a síntese abaixo (não foi escrita por mim :P) leia o livro e veja o filme. Perceba que os gritos de guerra tem o mesmo sentido: Liberdade (companheiros), Riqueza, Futuro… e veja que uma história está se repetindo!

Livro - Revolução dos Bichos!

Livro – Revolução dos Bichos!

Leia mais…

“Santos Robin Hood – Santos Marginais” a deformação dos valores Cristãos

Olá amigos venho compartilhar um belíssimo e esclarecedor artigo do Mídia Sem Máscara sobre o devocionário popular e o perigo agregado a falta de conhecimento e como diz em Oséias 4,6a “porque meu povo se perde por falta de conhecimento”.  Inclui no final mas nada que altere o texto, só um acréscimo referente ao Rio de Janeiro que é minha cidade natal.  😉 Então, vamos lá pois o texto é um pouco grande e muito rico!

A sacralização do crime e da subversão na América Latina

Do México à Argentina, malfeitores são cultuados como santos pela população, evidenciando uma verdadeira inversão do imaginário espiritual no continente e preparando o caminho para a ação revolucionária

narcossantos
Embalsamado e exposto em um museu militar tal como Lênin, Mao Tse Tung e Ho Chi Minh, Hugo Chávez se torna parte do panteão revolucionário latino-americano e integra o imaginário das ditaduras mais sangrentas da história. Mas diferente da velha idolatria totalitária de tom militarista que marcou o século XX, o socialismo do século XXI tem se valido também de um elemento especial, o das novas espiritualidades.

Leia mais…

Navegação de Posts

%d blogueiros gostam disto: