Ramos de Cultura

Arquivo para a categoria “Alegria”

Retrô – 2013

Hora do balanço geral, corta pra mim! 😀 Vem de Bullet point!

Floripa

Floripa

  • Reveillón 2012/2013 – Praia de Botafogo com a galera da Shalom, começamos o ano já com a Santa Missa
  • Janeiro – RVJ na Canção Nova – fiz o aprofundamento radical e fiz dois amigaços Rodrifogo e Camila Zá e nesse mesmo retiro fui a primeira vez a Santa Missa no Rito Tridentino (aqui está a homilia desta missa ). Missão Deus é Grande, evangelizar nas praias de Arraial do Cabo e conheci muita gente bacana, abraço a todos amigos Blenner’s: Blenner da Viola, Blenner Arquiteto, Blenner Delatorre…
  • Fevereiro – Carnaval ,assisti o desfile das escolas de samba. Leia mais…
Anúncios

Lágrimas na despedida

Esse foi um texto que guardei na gaveta durante o ano todo, aqueles que você começa a escrever mas não sabe como terminá-lo. Também não queria ir na onda do fato ocorrido, mas agora pegando o gancho do fim do ano, do momento revival, retrospectiva… está aí um texto que foge um pouco ao padrões do meu blog (mas o blog é meu, então escrevo o que eu bem entender ^^ ) um texto sentimental, entretanto que não soe sentimentalista rsrs.

Lágrimas na despedida…

Então, na semana de renúncia do Papa eu iria viajar e no deserto da quaresma não sabia o que escrever. Já as vésperas da viagem em um momento de oração, meu amigo foi às lágrimas ao tentar ler uma das últimas mensagens do Bento XVI e eu sem entender e me perguntando: Por quê? Porque das lágrimas? Porque essa “insegurança” “medo” não sabia qual palavra ou sentimento exprimia aquele momento. Pensei: “Mas o Papa ainda está vivo. Compreendo que ele é um Senhor de idade, mas estamos bem, ele não se foi…”

lágrimas

Leia mais…

Meus Ramos de Cultura em 2012

A simples sementinha atirada no solo da internet e foi adubada com inúmeras conversas com meus amigos Re Coelho, Adriano Gomes, Marcos Guilles, Alexandre Queiróz, Schelck, Jordana, TG… e aguada com suas dicas os  “Ramos” de Cultura foram crescendo e se espalhando,  não foi muito como o planejado, porém, foram “Ramos” bem fortes e estruturado! Agradeço a todos que leram e contribuíram para com esse desenvolvimento e 2013 volta aquelas promessas de ativar projetos arquivados na gaveta 😉 !

Ramos de ideias

Ramos de ideias

Uma passagem rápida dos “Ramos” da vida real e os “Ramos” da vida online eis o seguinte crescimento: Leia mais…

Bicho Solto!

Imagem

O que falar de um ser bicho solto? Nunca o globo repórter falou sobre eles, da onde são, o que fazem e tudo mais… O “Bicho Solto”são as pessoas totalmente livres, mas não vivem na libertinagem, eles já superaram essa fase de adolescentes, o que prezam mesmo são valores eternos: AMIZADE, ALEGRIA. Ser Bicho Solto significa que você vai para onde quer e sempre bem acompanhado, vive suas amizades ao extremo, não deixa ninguém de lado, está presente a todo instante pois é aquele ombro que sustenta e se molha com as lágrimas e nunca, eu disse NUNCA desiste do amigo, não o deixa para trás e sempre disposto a ajudar, mesmo sabendo que seu amigo não responda a altura. Não vive uma vida medíocre em casa acomodado, não suporta ver a vida passar. Bicho solto está de prontidão: convidado ou não, tem uma festa para ir, um lugar para visitar, shows para curtir e não se trata de carência afetiva de querer preencher lacunas vazias. A verdade que o Bicho Solto tem uma vida de histórias a zelar rsrs pois um final de semana em casa é uma história a menos para contar para os netos, e o quesito namoro não é brincadeira, por isso são seres indomáveis, porque uma vez que for laçado provavelmente será para sempre… As vezes alguém tem a chance de fisgar um exemplar deste mas não acompanham seu ritmo, não pagam o amor na mesma moeda e sabemos que se a recíproca não for verdadeira a corda vai arrebentar para o lado mais fraco e além disso o Bicho Solto supera esses sentimentos de amor miguxinhos com facilidade, um cd de rock, um dia na praia e toda dor se vai com a espuma do mar e por fim o que fica são amizades e as histórias e se perguntarem sobre os amores…respondem “estou a procura”, aqui é um passo de cada vez e nada de brincar com os sentimentos, coração dos outros e terra que não se anda e nem se pisa, tentamos viver o tempo de Deus e não o nosso, tipo “preciso namorar” NÃO!! Preciso saber esperar, e enquanto espero, vou vivendo….

Cristiano Ramoos!

Navegação de Posts

%d blogueiros gostam disto: