Ramos de Cultura

A beleza transcendente da Missa

Olá amigos, trago este pequeno e rico relato do amigo Fábio Magalhães, após participar da Santa Missa no rito extraordinário na Antiga Sé/RJ celebrada em honra de Santa Rosa de Lima.

Sta+Rosa_thumb[2]

 

“Hoje, 30/08/15, assisti à Santa Missa, no rito extraordinário, na Antiga Sé do Carmo, no Centro do Rio, celebrada pelo Pe. Bruce Judice, da Administração Apostólica São João Maria Vianney. Pe. Bruce estava especialmente inspirado e o coral interpretou parte do Ofício das Virgens, em homenagem a Santa Rosa de Lima, em seu dia. A celebração foi tão bela e envolvente que o tempo passou, sem que eu percebesse. E, durante o “Asperges me” e durante a Consagração, o silêncio era impressionante! Terminada a Missa, rezei as “Orações Leoninas” e fui beber água. Foi quando eu notei uma turista zanzando pela igreja, com um ar meio apalermado. Saindo da igreja, tornei a ver essa turista. Ela estava aos prantos e tremia. Aproximei-me. “Você está bem? Quer ajuda?”, perguntei, em inglês. Reconhecendo-me da igreja, ela perguntou: “Isso é uma igreja católica?” “Sim.”, eu disse. Ela agarrou o meu braço com força: “Eu nunca vi nada tão bonito, você acredita?”. “Eu acredito! Que bom que a senhora gostou! É Deus te chamando!”, eu respondi. Ela não parecia entender muito de catolicismo e eu, sem saber mais o que dizer, expliquei: “Hoje nós comemoramos a memória de Santa Rosa de Lima, uma grande santa peruana.” A mulher arregalou aqueles olhões azuis: “Oh! Meu nome é Rose!”. “Viu”, eu falei, “Não existe coincidência! Deus está te chamando!”. Nós nos despedimos e eu me afastei, com a sensação de que ela havia se convertido naquele momento. Talvez seja uma história boba, mas as sensações envolvidas não são nada bobas. Rose experimentou alguma coisa de transcendente naquela celebração. Eu também experimentei, assim como outros. Mas eu e os outros já estamos tão acostumados que esquecemos do quão poderosa pode ser a Santa Missa, principalmente quando bem celebrada, do Seu poder para romper as barreiras da ignorância e tocar o ser humano no que ele tem de mais secreto. Rose me fez lembrar. Obrigado, Rose!”

 

389740_247285445367539_100002582564435_483545_1303014307_n

Anúncios

Viver de Amor – Santa Teresa

Olá caríssimos, depois de um longo tempo, praticamente um exílio da blogsfera, retorno impulsionado pelo discurso do Papa emérito Bento XVI sobre música alinhado a esses achados da internet, fiquei ausente aqui, porém, continuei na pesquisa de referências, na qual me deparei com esta história interessantíssima de artistas seculares gravando poemas de Santa Teresa. Enquanto no Brasil e no mundo vemos um ataque massivo a fé católica, principalmente no meio artístico, nos alegra ver esse trabalho.

cd_therese_vivre_d_amour_dessin_caroline_andrieu_parousie

Thérèse – Amor Viver é um álbum conceitual de poemas de Santa Teresa de Lisieux, com música composta pelo músico francês Gregory. O álbum apresenta performances de Natasha St-Pier, Anggun, Sonia Lacen, Elisa Tovati, Les Stentors. , Os Pequenos Cantores da Cruz de madeira, e Michael Lonsdale. Foi lançado em 22 de abril de 2013 por Twin musical na França, Bélgica e Suíça. “Live to Love”, um dueto por Natasha St-Pier e Anggun, foi lançada como o primeiro single do álbum em 29 de março de 2013. Em 2014, Thérèse – Amor Vivo foi indicado para o World Music Awards de Melhor Álbum do mundo. Leia mais…

Educação ou ideologias?

Há um dilema que poucas pessoas querem resolver hoje em dia: educar ou ideologizar?

 como aprender matematica

A transmissão de conhecimentos, que realmente conduzem, para dentro e para fora das crianças, dos jovens e dos cidadãos, todas as suas potencialidades e os seus talentos, é uma educação válida. Pretende-se mesmo nos planos educacionais do Brasil educar o povo para construir uma nação? Há dúvidas a esse respeito em muitas cabeças lúcidas do país. A transmissão de ideias, de opiniões, de linhas de pensamento, que condicionam e manipulam a razão e os sentimentos humanos é, com certeza, uma ideologização. O país precisa de ideologias manipuladoras e impostas para ser um Brasil destacável no cenário internacional? Com certeza, não!! Leia mais…

Retrô – 2013

Hora do balanço geral, corta pra mim! 😀 Vem de Bullet point!

Floripa

Floripa

  • Reveillón 2012/2013 – Praia de Botafogo com a galera da Shalom, começamos o ano já com a Santa Missa
  • Janeiro – RVJ na Canção Nova – fiz o aprofundamento radical e fiz dois amigaços Rodrifogo e Camila Zá e nesse mesmo retiro fui a primeira vez a Santa Missa no Rito Tridentino (aqui está a homilia desta missa ). Missão Deus é Grande, evangelizar nas praias de Arraial do Cabo e conheci muita gente bacana, abraço a todos amigos Blenner’s: Blenner da Viola, Blenner Arquiteto, Blenner Delatorre…
  • Fevereiro – Carnaval ,assisti o desfile das escolas de samba. Leia mais…

Lágrimas na despedida

Esse foi um texto que guardei na gaveta durante o ano todo, aqueles que você começa a escrever mas não sabe como terminá-lo. Também não queria ir na onda do fato ocorrido, mas agora pegando o gancho do fim do ano, do momento revival, retrospectiva… está aí um texto que foge um pouco ao padrões do meu blog (mas o blog é meu, então escrevo o que eu bem entender ^^ ) um texto sentimental, entretanto que não soe sentimentalista rsrs.

Lágrimas na despedida…

Então, na semana de renúncia do Papa eu iria viajar e no deserto da quaresma não sabia o que escrever. Já as vésperas da viagem em um momento de oração, meu amigo foi às lágrimas ao tentar ler uma das últimas mensagens do Bento XVI e eu sem entender e me perguntando: Por quê? Porque das lágrimas? Porque essa “insegurança” “medo” não sabia qual palavra ou sentimento exprimia aquele momento. Pensei: “Mas o Papa ainda está vivo. Compreendo que ele é um Senhor de idade, mas estamos bem, ele não se foi…”

lágrimas

Leia mais…

O dom de ser Mãe

A missão da mãe está ligada diretamente à vida. Ela gera e educa o filho para a sociedade e para Deus. Por isso, a maior contradição é uma mãe abortar seu filho. A mãe é a grande defensora da vida, desde a concepção até a morte natural do filho. A criatura mais desnaturada, mais perversa, é a mãe que rejeita o próprio filho.” Professor Felipe Aquino

Feliz 33 segundos de madre!

Feliz 33 segundos de madre!

Bem, vi esta ação publicitária sensacional, (isso não é post pago) uma das ações mais geniais que eu vi, parabéns a Pampers e os publicitários envolvidos e caso algum abortista, feminista, ignorante, estúpido… leia e veja esse post entenda o real valor do que é ser Mãe. Um vídeo de apenas 1 minuto e 53 segundos muito bacana 😉

Leia mais…

Sétima Arte – Cinema – Blood Money

O que a sétima arte tem com os católicos? Então, você que julga e fica por aí pagando de cult, saiba que a Igreja sempre apoiou as artes, desde que a arte seja arte né e não essas aberrações que vemos atualmente. Sempre busca pelo Belo e que transmita valores éticos e morais. O amado e querido Papa Pio XI, o qual tenho como Patrono deste blog 😀 escreveu uma encíclica sobre o cinema a Vigilanti Cura 1936*-* onde diz: “O cinema precisa colocar-se a serviço do aperfeiçoamento do homem”

“Em agosto de 1934, dirigindo-Nos, numa audiência, a uma deputação da Federação Internacional do Trabalho da Imprensa Cinematográfica, depois de ter mostrado a grande importância que esta espécie de espetáculo tomou em nossos dias, e sua influência tão intensa, quer para promover o bem, quer para insinuar o mal, lembrávamos que a todo custo se devia aplicar ao cinema, para que ele não injuriasse e desacreditasse a moral cristã, ou simplesmente a moral humana e natural, a regra suprema que deve reger e regulamentar o grande dom da arte.”

Nessa pegada, trago esta dica que vai estrear essa semana, o filme documentário Blood Money:

Blood Money - Dinheiro de Sangue

Blood Money – Dinheiro de Sangue

Leia mais…

Arte e Oração por Bento XVI

Já li textos sobre arte, arte sacra, arte como agente transformador e por aí vai… E o meu grande amigo Adriano Gomes criador da fanpage “Frases do Papa Bento XVI” e me indicou essa preciosidade do Bentinho, BenTHOR.. Benedictus XVI 😉 Ai de você que não conhece os escritos deste homem! Agora deixa eu passar a bola para quem sabe e se delicie com esse texto *____* e adicionei umas imagens, agora está explicado e ilustradoo u.u

Papa Bento XVI por Michael Andrew Law

Papa Bento XVI por Michael Andrew Law

Arte e oração

Estimados irmãos e irmãs Ao longo deste período, evoquei várias vezes a necessidade de que cada cristão encontre tempo para Deus, para a oração, no meio das numerosas ocupações dos nossos dias. O próprio Senhor oferece-nos muitas oportunidades para nos recordarmos dele. Hoje, gostaria de meditar brevemente sobre um daqueles canais que nos podem conduzir a Deus e servir também de ajuda no encontro com Ele: trata-se do caminho das expressões artísticas, que faz parte daquela «via pulchritudinis» — «caminho da beleza» — da qual já falei diversas vezes e que o homem contemporâneo deveria recuperar no seu significado mais profundo. Leia mais…

JMJ – Relato de uma Voluntária Argentina

Olá galera, trago em Português / Español / English a experiência da argentina Barbara na JMJ, texto bem curtinho e profundo. Tradução português: eu (então confira o original jajaja e Inglês por Jéssica Loredo/Mexicana) 🙂

“Esta publicação foi lançada em dois lugares:
No boletin do Bispo de Santo Tomé
No site oficial das filhas de São José
E eu também gostaria de compartilhar com todos vocês.

Sem dúvida, ser voluntária da JMJ Rio2013 marcou minha vida.

Em 3 de agosto de 2012, deram-me a confirmação de que concordei em voluntariado, eu era a pessoa mais feliz do mundo. Desde aquele dia, mamãe Maria (Nossa Senhora), comecei a me preparar mentalmente e espiritualmente para o que mais tarde seria um dos melhores e mais poderosas experiências de minha vida.

Babi

Babi y Gency 😉

Leia mais…

26 Coisas que aprendi sobre o Brasil na JMJ por um Mexicano

Holá chicos, como tinha falado no post anterior aos poucos vão saindo os fragmentos da JMJ e fora que é impossível concatenar a Jornada em um único post. Então continuando a jornada de histórias, relatos, amizades, superação, Fé… Trago a análise do amigo mexicano Josué (hooooombre que come chile/pimenta sem fazer cara feia) jajajaja e que participou da semana missionária da JMJ em minha paróquia. (tem em português y español)

México en la semana missionera

México en la semana missionera

26 coisas que aprendi com esta Jornada Mundial da Juventude no Brasil em geral:

1. Os camelôs estão em todas as partes, basta mudar a palavra “nailos, nailos” por “capa de chuva, capa de chuva”, e surgem de debaixo das pedras quando chove.
2. Eu prefiro viajar sem agência de viagens, é mais caro e não ajuda.
3. Nem todos brasileiros dançam samba, jogam futebol ou fazem capoeira, e nem mesmo os três.
4. Descobri pela JMJ e em mais de uma ocasião, que os argentinos de Buenos Aires são as pessoas realmente pedantes, mas não o resto do país.
Leia mais…

Navegação de Posts

%d blogueiros gostam disto: