Ramos de Cultura

Igreja e time de futebol

Olá galera, antes de tudo já peço desculpa ao fazer tal analogia da Igreja, mas, vejo que algumas pessoas só entendem assim ou desenhando e talvez nem assim ainda abram os olhos da ignorância Então o que tem a Igreja com o time de Futebol? (Bem, eu torço pro Flamengo, logo a analogia seja feita em cima do Rubro-Negro mas nada impede de você linkar ao seu time hehehe).

Padres futebol

A Igreja é uma das maiores Instituições na Terra assim como é o Flamengo é um dos maiores time do mundo. Com a escolha do novo Papa, aqui no Brasil certas rixas vieram a tona. Como assim? :O Vamos lá: O Flamengo e todos os outros times tem suas torcidas organizadas: de jovens, senhores, meninas… entre outras e assim acontece na Igreja. Tem os carismáticos, ordens religiosas, os tradicionalistas, os TL’s (teologia da libertação – este que é sumariamente é reprovado pela Igreja) e assim vai.

O que está havendo? A torcida está se tornando mais importante que o time :( Pow jogo do Flamengo, a Raça Rubro – Negra briga com a Torcida Jovem, why? Por que? As vezes essas pessoas se acham dono do time: “eu sei mais músicas do time, eu fui a mais jogos, eu sei a história, futebol arte X futebol técnico (essa briga geralmente é de torcida para com jogadores e resulta em discussão entre amigos)…” como se isso lhe desse o direito de julgar e condenar os outros. PoXXa cadê o espírito de união? Os dois não torcem pelo mesmo time, pela mesma bandeira, pela mesmas cores? Então, porque raios de desavenças? Por que todo mundo se acha mais do que o outro.

E na Igreja, o que veio a tona com a escolha do Papa Francisco? Bem, o Papa Francisco é um jesuíta, latino-americano, sorriso largo e bem despojado, e esse despojamento que vem sendo o motivo das picuinhas no Brasil. Como disse acima Futebol Técnico X Futebol Arte, temos o Papa Bento XVI com esse futebol técnico, que pensa as jogadas, xerifão  e temos o Papa Francisco esse futebol arte mais solto, leve e que por enquanto tem mostrado serviço.

Papa Bento XVI recebendo a camisa do Flamengo

Papa Bento XVI recebendo a camisa do Flamengo

Papa Francisco recebendo a camisa do San Lorenzo, seu time de coração da Argentina.

Papa Francisco recebendo a camisa do San Lorenzo, seu time de coração da Argentina.

Aí que entrou a “briga de torcidas” na Igreja. Vejo os Tradiconalistas como fãs do futebol técnico, sem alarde, sem margem para o erro, com jogadas precisas! Os carismáticos, TL’s curtem mais o improviso, humildade, alegre! O problema que no Brasil não temos torcedores, nós temos “técnicos”, cada um quer escala o seu time, a sua maneira: ofensivo, defensivo, 3-5-2, 4-4-2… E na Igreja a mesma coisa: padre fulano na liturgia, Bispo ciclano na pastoral tal… ah deveria chegar mais junto, deveria tirar o pé, podia ter entrado de sola… e ainda uns que falam “se fosse eu, eu faria x, y, z..” E aí começa as picuinhas. E essas “torcidas” como vi em outro post estão se tornando “facções criminosas” espalhando calúnias, difamando Papas… “Pera” lá né gente!

Defenda a Igreja!

Defenda a Igreja!

Entendam caríssimos, independente se é Zico, O Imperador, Wagner Love… todos são passíveis de errar, perder um gol, chutar para fora… porém não podemos esquecer que eles jogam pelo Flamengo e cabe a mim torcer e apoiar o TIME  e assim que é a Santa Igreja que é infinitamente maior onde não somos torcedores, somos fiéis! Se é o Papa Paulo VI, João Paulo II, Bento XVI, Francisco…não importa, importante que é a Igreja !!!!!!! Cadê a nossa profissão de Fé? Somos a Igreja UNAAAAAAAAA, Católica e Apostólica?

Papa João Paulo II Flamenguista u.u

Papa João Paulo II Flamenguista u.u

Pope Benedictus XVI

Pope Benedictus XVI

Papa Francisco - San Lorenzo

Papa Francisco – San Lorenzo

Papa Bento XVI - flamenguista :P

Papa Bento XVI – flamenguista :P

Fica a dica para ver o vídeo abaixo do Padre Paulo Ricardo sobre o Papa Bento XVI e o Papa Francisco , nada melhor que um olhar de um sábio da Igreja que não precisa fazer comparações “malucas” como a minha :D hehehe.

“Nós devemos para de fazer arqueologia Pontifícia (…) Para de fazer arqueologia do Cardeal Bergoglio e vamos começar a conhecer o Papa Francisco por várias razões. 1ª – Precisamos Crer(…) Precisamos ter Fé e dizer “Tu és Pedro”, ter fé na graça que ele recebeu ao ser eleito. É evidente que um Papa que recebe a Graça, pode ou não colaborar com a Graça, pode ou não fazer as coisas bem feitas. Vamos ser objetivos, todos os Papas cometem erros, o Papa só é infalível num pequeno aspecto específico, mas ele não tem infabilidade pastoral, infabilidade de Governo. Na questão Pastoral e de Governo ele pode contar com a graça de estado e ser dócil a ela e serão suas virtudes humanas que possibilitará que aja ou não. Deus opera e o homem coopera ou então Deus opera e o homem resiste. Quais são os os passos espirutias  que precisamos dar em relação ao Papa Francisco? Primeiro crer, segunda coisa nós temos que baixar o escudo e OUVIR o que Deus pode está falando através deste homem, mas nós, em nossos ouvidos moucos, armados…estamos”  Padre Paulo Ricardo

Para dar uma fundamentada :D hehe disse São Paulo a Timóteo (e a todos nós):

 “Tu, portanto, meu filho, procura progredir na graça de Jesus Cristo. O que de mim ouviste em presença de muitas testemunhas, confia-o a homens fiéis que, por sua vez, sejam capazes de instruir a outros. Suporta comigo os trabalhos, como bom soldado de Jesus Cristo. Nenhum soldado pode implicar-se em negócios da vida civil, se quer agradar ao que o alistou. Nenhum atleta será coroado, se não tiver lutado segundo as regras. É preciso que o lavrador trabalhe antes com afinco, se quer boa colheita. Entende bem o que eu quero dizer. O Senhor há de dar-te inteligência em tudo. Lembra-te de Jesus Cristo, saído da estirpe de Davi e ressuscitado dos mortos, segundo o meu Evangelho,pelo qual estou sofrendo até as cadeias como um malfeitor. Mas a palavra de Deus, esta não se deixa acorrentar. Pelo que tudo suporto por amor dos escolhidos, para que também eles consigam a salvação em Jesus Cristo, com a glória eterna. Eis uma verdade absolutamente certa: Se morrermos com ele, com ele viveremos. Se soubermos perseverar, com ele reinaremos. Se, porém, o renegarmos, ele nos renegará. Se formos infiéis… ele continua fiel, e não pode desdizer-se. Lembra-lhes estas coisas e conjura-os, por Deus, a evitarem discussões de palavras, que só servem para a perdição dos ouvintes. Empenha-te em te apresentares diante de Deus como homem digno de aprovação, operário que não tem de que se envergonhar, íntegro distribuidor da palavra da verdade. Procura esquivar-te das conversas frívolas dos mundanos, que só contribuem para a impiedade. As palavras dessa gente destroem como a gangrena. Entre eles estão Himeneu e Fileto,que se desviaram da verdade dizendo que a ressurreição já aconteceu e transtornaram a fé em alguns. Contudo, o sólido fundamento de Deus se mantém firme, porque vem selado com estas palavras: O Senhor conhece os que são seus (Nm 16,5); e: Renuncie à iniqüidade todo aquele que pronuncia o nome do Senhor (Is 26,13). Numa grande casa não há somente utensílios de ouro e de prata, mas também de madeira e de barro. Aqueles para ocasiões finas, estes para uso ordinário. Quem, portanto, se conservar puro e isento dessas doutrinas, será um utensílio nobre, santificado, útil ao seu possuidor, preparado para todo uso benéfico. Foge das paixões da mocidade, busca com empenho a justiça, a fé, a caridade, a paz, com aqueles que invocam o Senhor com pureza de coração. Rejeita as discussões tolas e absurdas, visto que geram contendas. Não convém a um servo do Senhor altercar; bem ao contrário, seja ele condescendente com todos, capaz de ensinar, paciente em suportar os males. É com brandura que deve corrigir os adversários, na esperança de que Deus lhes conceda o arrependimento e o conhecimento da verdade, e voltem a si, uma vez livres dos laços do demônio, que os mantém cativos e submetidos aos seus caprichos.” II Timóteo 2,1-26. 
-
Se ligou? Hã hã? “Nenhum atleta será coroado, se não tiver lutado segundo as regras.” (II Timóteo 2,5) Não vale gol de mão, gol impedido, carrinho por trás… Nós sabemos as regras e com certeza o Clero sabe muito mais, então, por favor pare de ser “técnico” e seja “torcedor”, seja FIEL! Torça, REZE! Cante, Hinos e LOUVORES! E pare de andar com “4 pedras na mão” e de ficar atirando-as ao campo (IGREJA) “É com brandura que deve corrigir os adversários, na esperança de que Deus lhes conceda o arrependimento e o conhecimento da verdade” (II Timóteo 2,25) Caso um RCC, Tradicionalista…o que for esteja errado, corrija com BRANDURA e “Rejeita as discussões tolas e absurdas, visto que geram contendas.” ( II Timóteo 2,23)
Campo e A Igreja

Campo e A Igreja

Quando você vê uma imagem do Vaticano com 150 mil pessoas, ali não está movimento W, grupinho X, ordem Y, “torcida organizada- Z” ali se encontra toda IGREJA! Bem, termino por aqui com esta passagem: “A multidão dos fiéis era UM só coração e UMA só alma. Ninguém dizia que eram suas as coisas que possuía, mas tudo entre eles era comum”  (Ato dos Apóstolos 4,32).

Praça de São pedro

Praça de São pedro

About these ads

Single Post Navigation

7 thoughts on “Igreja e time de futebol

  1. Muito boa reflexão !!!

    Se me permitem, eu fiz uma postagem no facebook através do Crtl + C, Crtl + V. Mas não deixei de colocar a fonte, para que possam visitar e acompanhar o Blog, as reflexões.

    Comungo desse pensamento….

    Que Deus Abençoe e que o Espírito Santo lhe inspire novas reflexões divertidas e edificantes.

  2. Em tempo….

    Ah, eu já ia me esquecendo…. SOU FLAMENGUISTA !!! heheheheh

  3. Opa, bacana ;) Obrigado e seguimos Unidos em Oração!

  4. Franciellen on said:

    Estava acompanhando a Via Sacra no Coliseu presidida pelo Papa Francisco e uma das meditações me lembrou muito o seu post: “Senhor Jesus, a Igreja, nascida do vosso lado aberto, vive oprimida sob a cruz das divisões que afastam os cristãos uns dos outros e da unidade que Vós quisestes para eles; desviam-se do vosso desejo de «que todos sejam um só» (Jo 17, 21) como o Pai convosco. Esta cruz grava com todo o seu peso sobre a sua vida e o seu testemunho comum. Concedei-nos, Senhor, a sabedoria e a humildade para nos levantarmos e avançarmos pelo caminho da unidade, na verdade e no amor, sem sucumbir à tentação de fazer apelo simplesmente aos critérios dos interesses pessoais ou sectários, quando nos embatemos nas divisões (cf. Exort. ap. Ecclesia in Medio Oriente, 11). Concedei-nos renunciar à mentalidade de divisão «para não esvaziar da sua eficácia a cruz de Cristo» (1 Cor 1, 17). Amém”
    Parabéns pelas reflexões !

  5. As recomendações de São Paulo relativas às discussões são valiosas. Preciso mantê-las em meu coração quando me deparar com alguma daquelas provocações que vemos pela Internet.
    Abç

    • HAHA mas naquele último embate que você teve a respeito do Pio XII e o Nazismo achei você bem sereno e calmo como disse São Paulo: exortando com brandura. ;) Me espelho muito em ti meu amigo. Abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 323 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: